Novidades e Reedições

A MISSÃO DA REPÚBLICA. POLÍTICA, RELIGIÃO E O IMPÉRIO COLONIAL PORTUGUÊS (1910-1926), de Hugo Dores

Este livro tem como objectivo explorar as ambiguidades que marcaram as relações entre Estado-Igreja no Império colonial português, durante a I República. Este relacionamento tem sido visto essencialmente numa perspectiva metropolitana, deixando de lado a complexidade do mundo imperial e das dinâmicas que o caracterizavam.Ler mais

ASCENSÃO E QUEDA DOS IMPÉRIOS GLOBAIS. 1400-2000, de John Darwin

Tamerlão, os Otomanos, os Mogóis, os Manchus, os Britânicos, os Soviéticos e os nazis, todos construíram impérios concebidos para duraraem para sempre, mas todos acabaram por soçobrar. No entanto, os impérios que construíram foram criando o mundo tal como conhecemos hoje.


Ler mais
O IMPÉRIO DA VISÃO. FOTOGRAFIA NO CONTEXTO COLONIAL PORTUGUÊS (1860-1969), de Filipa Lowndes Vicente (org.)

Ao longo da segunda metade do século XIX, a fotografia surgiu como um instrumento central na definição de identidades nacionais, coloniais e individuais, e como nova forma de conhecimento e de comunicação. Entre os anos 1850 e os anos 1950, a fotografia foi mesmo o principal modo de tornar o mundo visível.

Ler mais

Reedições / Reimpressões

SISTEMA DA MODA, de Roland Barthes

A moda é uma realidade já largamente analisada sob uma perspectiva jornalística, estética, sociológica e psicológica. Faltava, porém, uma análise semântica do vestuário feminino, coisa que o autor nos proporciona com este livro. Partindo da descrição e da classificação da moda escrita, tal como se apresenta nas revistas da especialidade, Barthes elabora uma análise estrutural do vestuário feminino.


Ler mais
A IGREJA NO OCIDENTE. DAS ORIGENS ÀS REFORMAS NO SÉCULO XVI, de Mireille Baumgartner

O nascimento e a expansão da Igreja no Ocidente são parte indelével da civilização e cultura europeias nos últimos dois mil anos. Esta obra historia o trajecto que vai da génese da Igreja cristã no seio do Império Romano às transformações que viria a sofrer no século XVI - percurso de formação teológica, filosófica e sociológica, num esforço de síntese plenamente conseguido.


Este livro é o n.º 60 da Col. Lugar da História.

 

Ler mais
ARTISTA E DESIGNER, de Bruno Munari

Nesta obra, Munari aborda um tema de grande actualidade, o da separação entre a arte pura e a produção artística destinada às exigências da indústria e do consumo de massas.


Este livro é o n.º 83 da Col. Arte & Comunicação.

 

Ler mais
ELEMENTOS DE ANTROPOLOGIA SOCIAL E CULTURAL, de Jean-Paul Colleyn

Este livro destina-se àqueles que, seja pela sua experiência no terreno, seja pela leitura de obras especializadas, pretendam familiarizar-se com sistemas sociais diferentes do nosso, o ocidental. A investigação antropológica tem como condição prévia a abolição de qualquer preconceito de superioridade racial ou cultural. Além disso, o corpus de conhecimentos desta disciplina não constitui uma doutrina definitiva, antes situa-se no cruzamento de diversas correntes teóricas.


Ler mais