Novidades e Reedições

O IMPÉRIO DA VISÃO. FOTOGRAFIA NO CONTEXTO COLONIAL PORTUGUÊS (1860-1969), de Filipa Lowndes Vicente (org.)

Ao longo da segunda metade do século XIX, a fotografia surgiu como um instrumento central na definição de identidades nacionais, coloniais e individuais, e como nova forma de conhecimento e de comunicação. Entre os anos 1850 e os anos 1950, a fotografia foi mesmo o principal modo de tornar o mundo visível.

Ler mais
100 ANOS DE FOTOGRAFIA CIENTÍFICA EM PORTUGAL (1839-1939). IMAGENS E INSTRUMENTOS, coord. de Fernanda Madalena Costa e Maria Estela Jardim

Na primeira exposição universal, a Grande Exposição de Londres de 1851, foram exibidas várias fotografias científicas, sobretudo astronómicas, como a fotografia da lua de John Adams Whipple.Ler mais

O CONTINENTE DAS TREVAS. O SÉCULO XX NA EUROPA, de Mark Mazower

No fim da Primeira Guerra Mundial, assistiu-se ao desaparecimento dos velhos impérios e à oportunidade de construção de uma sociedade melhor a partir das ruínas que o conflito deixou. No entanto, o resultado foi a divisão política e ideológica e banhos de sangue numa escala sem precedentes.


Ler mais
HISTÓRIA DE ESPANHA, de Julio Valdeón, Joseph Pérez e Santos Juliá

Poucos países terão tido uma influência tão vasta, abrangente e duradoura como a Espanha, seja nos destinos do continente europeu, seja na evolução dos muitos países que Castela descobriu e colonizou. E os vestígios dessa influência estão ainda hoje bem patentes por todo o mundo hispânico, seja pela língua, a cultura ou a religião.


Ler mais

Reedições / Reimpressões

A IGREJA NO OCIDENTE. DAS ORIGENS ÀS REFORMAS NO SÉCULO XVI, de Mireille Baumgartner

O nascimento e a expansão da Igreja no Ocidente são parte indelével da civilização e cultura europeias nos últimos dois mil anos. Esta obra historia o trajecto que vai da génese da Igreja cristã no seio do Império Romano às transformações que viria a sofrer no século XVI - percurso de formação teológica, filosófica e sociológica, num esforço de síntese plenamente conseguido.


Este livro é o n.º 60 da Col. Lugar da História.

 

Ler mais
ARTISTA E DESIGNER, de Bruno Munari

Nesta obra, Munari aborda um tema de grande actualidade, o da separação entre a arte pura e a produção artística destinada às exigências da indústria e do consumo de massas.


Este livro é o n.º 83 da Col. Arte & Comunicação.

 

Ler mais
ELEMENTOS DE ANTROPOLOGIA SOCIAL E CULTURAL, de Jean-Paul Colleyn

Este livro destina-se àqueles que, seja pela sua experiência no terreno, seja pela leitura de obras especializadas, pretendam familiarizar-se com sistemas sociais diferentes do nosso, o ocidental. A investigação antropológica tem como condição prévia a abolição de qualquer preconceito de superioridade racial ou cultural. Além disso, o corpus de conhecimentos desta disciplina não constitui uma doutrina definitiva, antes situa-se no cruzamento de diversas correntes teóricas.


Ler mais