IRMANDADES DE SANGUE, de John Dickie

Irmandades de Sangue é um relato fascinante do crime organizado em Itália, escrito pelo autor do bestseller Cosa Nostra. Porém, a Cosa Nostra está longe de ser a única organização criminosa a constituir um dos maiores perigos em Itália e no mundo, uma vez que o Sul do país alberga também mais duas grandes máfias: a Camorra, de origem napolitana, e a 'Ndrangheta, cada vez mais poderosa, oriunda da região pobre e isolada da Calábria.


Cada uma destas irmandades de sangue tem os seus próprios métodos, os seus rituais obscuros, o seu estilo muito próprio de crueldade e corrupção. Pouco se sabe acerca da verdadeira história de cada uma e não obstante as mitificações de que são alvo no cinema e na literatura, a verdade é que à sua volta se gera um silêncio profundo que John Dickie interrompe, mais uma vez, ao revelar a origem e a ascensão das três máfias italianas, numa narrativa empolgante que é também um contributo sério para a moderna história de Itália.


Este livro é o n.º 187 em Extra-Coleção.