ANTES DE AUSCHWITZ, de Kim Wünschman

Auschwitz foi o maior campo de concentração da Alemanha hitleriana e também o mais famoso; símbolo do Holocausto durante a Segunda Guerra Mundial, foi fundado em 1940, no sul da Polónia. O internamento de judeus nos campos de concentração começou, porém, muito antes desta data, mais precisamente assim que Hitler chegou ao poder, em 1933. Antes de Auschwitz revela com exatidão as origens e a evolução desses primeiros campos nos anos que antecederam a Segunda Guerra Mundial, dando conta da sua importância instrumental para a construção de um estado fascista totalitário obcecado pela pureza racial.

Kim Wünschman, cujo trabalho recorre a arquivos muito pouco explorados, investiga mais de uma dúzia de campos de concentração - entre eles Dachau, Buchenwald e Sachsenhausen - e analisa um processo de terror insuspeito para identificar e isolar os judeus alemães no período de 1933 a 1939, compreendendo esta prática como forma de testar os limites do poder político do Terceiro Reich. Declarados pelos nazis como inimigos do Estado, os judeus foram considerados diferentes dos alemães, perigosos e violentos, razão pela qual foram alvo de prisão arbitrária e submetidos a uma rotina rigorosa de tratamento severo e trabalhos forçados nestes primeiros campos de concentração, laboratórios do terror nazi, que transformaria a Europa no continente das trevas.


Este livro é o n.º 47 da Col. História Narrativa.