OS INIMIGOS ÍNTIMOS DA DEMOCRACIA, de Tzevetan Todorov

Enquanto historiador das ideias e teórico da literatura, Todorov reflete sobre os paradoxos da liberdade, os grandes inimigos da democracia e vários momentos-chave da história contemporânea: as ascensão do comunismo, a guerra do Iraque, a guerra do Afeganistão, as primaveras árabes, questões de moralidade e justiça, neoliberalismo, identidade nacional, entre outros temas.

Parte também da sua experiência pessoal para discutir questões relacionadas com a democracia, uma vez que viveu um terço da sua vida na Bulgária comunista.


Este livro é o n.º 194 em Extra Coleção.